Sou falso recibo verde na Televisão Pública do Estado, a RTP. Comigo estão outras dezenas de jovens nas várias delegações da empresa. Trabalho exatamente nas mesmas condições que um funcionário dos quadros. Cumpro horários, pico um cartão diariamente à entrada e saída, tenho o meu local de trabalho definido no open-space da empresa, tenho uma extensão de telefone e um e-mail oficial da RTP e, por vezes, mais responsabilidades que alguns funcionários dos quadros. Trabalho todos os dias, alguns dias mais de 12 horas por dia. Tenho todos os deveres de um colega a contrato só que não tenho nenhum direito. Se quiser férias não recebo, se ficar doente não recebo, se precisar de faltar preciso de autorização e não recebo, se houver prenda de natal da empresa para os funcionários, eu não recebo, entre tantas outras coisas. Se tiver um acidente a conduzir um veículo da empresa estou desprotegida, trabalho fins de semana e feriados e não recebo mais por isso, por exemplo.

Já são quase 3 anos nesta situação. Todos os meses a passar um recibo verde sem qualquer direito. Assumo um posto de trabalho que a empresa não pode substituir por um colega dos quadros porque não tem massa humana suficiente. Conheço situações completamente ilegais a passar-se neste momento dentro da empresa com falsos recibos verdes…! Exijo que o Estado tome uma medida urgente.

― 3 anos a falsos recibos verdes na RTP